REPRODUÇÃO DE ANIMAIS
A Fazenda Boa Vista é referência em pecuária de elite no estado do Rio de Janeiro e tem alcançado um destaque significativo cenário nacional. Os esforços e investimentos são a causa desta representatividade.

Primeiramente, a fazenda reforçou sua equipe com profissionais gabaritados e adquiriu animais de linhagens excelentes e de superioridade genética comprovada. Depois, desenvolveu uma parceria com o laboratório In Vitro Brasil; referência mundial em fertilização in vitro (FIV) e clonagem, e que utiliza de biotecnologia de ponta em todo o processo.
Essa união resultou no mais moderno laboratório de reprodução animal, sediado nas dependências de uma fazenda. O processo reprodutivo se tornou ainda mais fácil, aumentando a qualidade técnica e o índice de prenhes, sendo possível atender todo o mercado brasileiro, inclusive aos demais criadores de Nelore (Gir, Girolando, Brahman, Jersey, Holandês etc.) com o intuito de melhorar seus rebanhos fazendo uso dessa moderna técnica, oferecida pelos serviços do laboratório e da Fazenda.

Hoje, com o trabalho do In Vitro Brasil, primeiro laboratório no mundo a receber o certificado ISO 9001, a Fazenda Boa Vista atende às necessidades do mercado, aliando a mais moderna tecnologia a preços acessíveis, oferecendo aos criadores das mais variadas raças de bovinos ou ovinos, de corte ou leite, um serviço de referência, enquanto criatório e laboratório de reprodução animal.




PROCESSO DE REPRODUÇÃO




No processo, ocorre a aspiração, onde, por via transvaginal, são retirados os óvulos da doadora com o auxílio de um equipamento de ultrassom, acoplado a uma sonda e uma bomba de vácuo. Em seguida, esses óvulos são avaliados no laboratório e submetidos à maturação por 24 horas. Após este período, inicia-se o processo de fecundação in vitro, no qual o cliente define, previamente, qual o melhor touro a ser utilizado no acasalamento em questão. O sêmen é processado e analisado para que apenas os espermatozoides viáveis sejam adicionados aos óvulos. O cultivo embrionário compreende a última etapa da técnica. Ele é realizado por um período entre 18 e 22 horas após a fecundação e se estende até o estágio de blastocisto, ou seja, 8 dias após a aspiração, que é a fase de desenvolvimento mais adequada para que os embriões sejam transferidos para as receptoras.

Veja abaixo com detalhes, como acontece todo o processo: